Página InicialMenu PrincipalNossa MissãoNossas Lições On-LineLeitura do DiaPapel de Parede MensalTira Cômica SemanalDoaçãoContato

Novembro 2014
Papel de Parede Mensal Clique na imagem
para adquirir o
papel de parede!



 
A Hora da Verdade - Lição 26

O Juízo Final

Ilustração 1 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 1
Oremos juntos:
Pai nosso,

Haverá um juízo?

Se houver, como e quando ele irá acontecer? Quem será julgado?

Se o Senhor enviar o Espírito Santo, para que nos ilumine sobre esse assunto, a Sua Palavra poderá responder a essas perguntas. É por isso que humildemente Lhe pedimos que nos guie durante essa lição.

Nós Lhe agradecemos no precioso nome de Jesus, nosso Senhor e Salvador.

Amém.
Próxima tela

Ilustração 2 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 2
João 16:12 Comentários
Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora. Para entender melhor essa lição, é necessário estudar primeiro as lições intituladas «Os Dois Santuários» e «As 70 Semanas».

Por essa razão, recomendamos que revise essas duas lições antes de continuar.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 3 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 3
Jó 19:29 Comentários
(...) para saberdes que há um juízo. A Bíblia diz claramente que haverá um juízo (julgamento) algum dia.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 4 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 4
A Bíblia diz claramente que haverá um juízo (julgamento) algum dia:
«Deus julgará o justo e o ímpio.» (Eclesiastes 3:17)

«Quando eu ocupar o lugar determinado, julgarei retamente.» (Salmos 75:2)

«Porquanto [Deus] tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo.» (Atos 17:31)

«Conjuro-te, pois, diante de Deus e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos.» (2 Timóteo 4:1)

«Aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo.» (Hebreus 9:27)

«Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro e se guardam para o fogo, até o Dia do Juízo.» (2 Pedro 3:7)
Próxima telaTela anterior

Ilustração 5 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 5
Nossos atos, pensamentos e palavras serão trazidos a julgamento:
«Nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas e manifestará os desígnios dos corações.» (1 Coríntios 4:5)

«De toda palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no Dia do Juízo.» (Mateus 12:36)

«Alegra-te, jovem, na tua mocidade, e alegre-se o teu coração nos dias da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração e pela vista dos teus olhos; sabe, porém, que por todas essas coisas te trará Deus a juízo.» (Eclesiastes 11:9)
Próxima telaTela anterior

Ilustração 6 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 6
2 Coríntios 5:10 Comentários
Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal. Todas as pessoas terão sua causa trazido a julgamento.

A Bíblia é clara: todos seremos julgados, independentemente da alegação de seguir a Deus ou não.
Romanos 14:10
Todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo.
Hebreus 10:30
O Senhor julgará o Seu povo.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 7 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 7
João 5:24 Comentários
[Jesus disse:]

«Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a Minha palavra e crê Naquele que Me enviou tem a vida eterna e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.»
Então, como é que Jesus pode dizer que aqueles que crêem em Deus não serão condenados, se a Palavra de Deus diz que todos nós devemos comparecer diante do tribunal divino?

É simples: aqueles que aceitarem a salvação de Deus serão representados pelo próprio Jesus Cristo, que será o Advogado deles junto ao Pai.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 8 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 8
Se realmente quisermos, Jesus intercederá por nós junto a Deus e ganhará a causa!
«Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer, por nós, perante a face de Deus.» (Hebreus 9:24)

«Temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o Justo.» (1 João 2:1)

«Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo Seu sangue [de Jesus], seremos por Ele salvos da ira.» (Romanos 5:9)

«Portanto, qualquer que Me confessar diante dos homens, Eu o confessarei diante de Meu Pai, que está nos céus.» (Mateus 10:32)

«Nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.» (Romanos 8:1)
Próxima telaTela anterior

Ilustração 9 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 9
Daniel 7:9-11 Comentários
Eu continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e um ancião de dias Se assentou; a Sua veste era branca como a neve, e o cabelo da Sua cabeça, como a limpa lã.

O Seu trono, chamas de fogo, e as rodas Dele, fogo ardente. Um rio de fogo manava e saía de diante Dele; milhares de milhares O serviam, e milhões de milhões estavam diante Dele.

Assentou-se o juízo, e abriram-se os livros.

Então, estive olhando, por causa da voz das grandes palavras que provinha da ponta.
O julgamento começará antes da segunda vinda de Jesus.

Na verdade, essa visão do juízo ocorre enquanto «a ponta», ou o chifre (um poder que logo identificaremos) ainda está cometendo maldades aqui na terra.

Sendo assim, como poderemos saber a data de início do juízo?
Próxima telaTela anterior

Ilustração 10 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 10
Daniel 9:22,23 Comentários
E [Gabriel] me instruiu, e falou comigo, e disse:

«Daniel, agora, saí para fazer-te entender o sentido.

No princípio das tuas súplicas, saiu a ordem, e eu vim, para to declarar, porque és mui amado; toma, pois, bem sentido na palavra e entende a visão.»
Para entender melhor essa questão do juízo, precisamos primeiro voltar ao livro do profeta Daniel.

Na lição «As 70 Semanas», vimos que o anjo Gabriel ajudou Daniel a «entender a visão», ou seja, a visão anterior que ele havia tido no Capítulo 8, e ainda estava sem explicação: a profecia dos 2300 dias.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 11 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 11
Daniel 9:24,25 Comentários
Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo e sobre a tua santa cidade (...).

Desde a saída da ordem para restaurar e para edificar Jerusalém (...).
Também vimos que essas 70 semanas, simbolizando um período de 490 anos, fazem parte de um período mais longo, isto é, os 2300 anos.

As 70 semanas começaram em 457 a. C., ou seja, com «a saída da ordem para restaurar e para edificar Jerusalém», e terminaram em 34 d. C., quando Estêvão foi apedrejado pelos judeus.

Para completar o período dos 2300 anos, precisamos somar 1810 anos (2300 - 490 = 1810) a 34 d. C. Assim, chegamos a 1844 d. C.

Veja um resumo das profecias sobre as 70 semanas e os 2300 dias.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 12 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 12
Resumo da profecia das 70 semanas e da profecia dos 2300 dias
Próxima telaTela anterior

Ilustração 13 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 13
Daniel 8:13,14 Comentários
«Até quando durará a visão do contínuo sacrifício e da transgressão assoladora, para que seja entregue o santuário e o exército, a fim de serem pisados?»

E ele [o anjo] me disse:

«Até duas mil e trezentas tardes e manhãs; e o santuário será purificado.»
Para entender o juízo, precisamos passar pela profecia dos 2300 dias e pela purificação do santuário.

Os 2300 dias designam um período de 2300 anos que começou em 457 a. C. e terminou em 1844 a. D., ano em que se iniciou a purificação do santuário celeste.

De que consiste essa purificação? É isso que estudaremos agora.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 14 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 14
Números 28:3 Comentários
Esta é a oferta queimada que oferecereis ao Senhor: dois cordeiros de um ano, sem mancha, cada dia, em contínuo holocausto. Na lição «Os Dois Santuários», vimos que Deus pediu ao povo de Israel que construísse um santuário.

Lá, aconteciam dois rituais:
  • Primeiro, o ritual diário, no qual se sacrificavam carneiros pelos pecados de cada um. Dessa forma, os pecados eram passados ao santuário todos os dias.
     
  • No final do ano religioso, era necessário realizar outro ritual para purificar o santuário.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 15 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 15
Levítico 23:27-29 Comentários
Mas, aos dez deste mês sétimo, será o Dia da Expiação.

Tereis santa convocação, e afligireis a vossa alma, e oferecereis oferta queimada ao Senhor.

E, naquele mesmo dia, nenhuma obra fareis, porque é o Dia da Expiação, para fazer expiação por vós perante o Senhor, vosso Deus.

Porque toda alma que, naquele mesmo dia, se não afligir será extirpada do seu povo.
A purificação do santuário acontecia uma vez ao ano, no Dia da Expiação.

Naquele dia, os pecados de quem se arrependia de verdade eram totalmente apagados.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 16 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 16
Hebreus 9:24 Comentários
Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer, por nós, perante a face de Deus. Também vimos que o santuário terrestre era, na verdade, uma cópia do santuário celeste, onde Jesus está trabalhando agora.

Como o Cordeiro de Deus, Ele leva sobre Si os pecados de quem se arrepende, transferindo-os ao santuário celeste.

Sendo assim, o santuário celeste também terá que ser purificado algum dia, assim como o terrestre?
Próxima telaTela anterior

Ilustração 17 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 17
Hebreus 9:23 Comentários
De sorte que era bem necessário que as figuras das coisas que estão no céu assim se purificassem; mas as próprias coisas celestiais, com sacrifícios melhores do que estes. Isso mesmo: o santuário celeste também precisa ser purificado.

De acordo com a profecia de Daniel, esse processo começou em 1844: é a primeira fase do juízo.

Assim como a purificação do santuário terrestre só dizia respeito ao povo de Israel, a purificação do santuário celeste diz respeito apenas aos que dizem seguir a Deus.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 18 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 18
1 Pedro 4:17 Comentários
Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus.

E, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus?
O juízo começou pelo santuário celeste em 1844, com a análise das causas de cada crente.

No dia da purificação do santuário terrestre, todo judeu que continuasse pecando era cortado do povo, mesmo se tivesse oferecido cordeiros durante o ano.

O juízo, da mesma forma, identificará os verdadeiros conversos entre as muitas pessoas que dizem seguir a Cristo.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 19 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 19
Mateus 7:21-23 Comentários
Nem todo o que Me diz: «Senhor, Senhor!» entrará no Reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de Meu Pai, que está nos céus.

Muitos Me dirão naquele Dia: «Senhor, Senhor, não profetizamos nós em Teu nome? E, em Teu nome, não expulsamos demônios? E, em Teu nome, não fizemos muitas maravilhas?»

E, então, lhes direi abertamente: «Nunca vos conheci; apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade.»
Desde 1844, o juízo vem separando os cristãos verdadeiros dos cristãos falsos.

Note que o ato de fazer milagres não é prova absoluta de uma conversão verdadeira.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 20 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 20
Os nomes de todos os falsos cristãos serão apagados do livro da vida:
«O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida.» (Apocalipse 3:5)

«Então, disse o SENHOR a Moisés: “Aquele que pecar contra Mim, a este riscarei Eu do Meu livro.”» (Êxodo 32:33)

«Sejam riscados do livro da vida e não sejam inscritos com os justos.» (Salmos 69:28)

«Mas, desviando-se o justo da sua justiça, e cometendo a iniqüidade, e fazendo conforme todas as abominações que faz o ímpio, porventura viverá? De todas as suas justiças que tiver feito não se fará memória; na sua transgressão com que transgrediu, e no seu pecado com que pecou, neles morrerá.» (Ezequiel 18:24)
Próxima telaTela anterior

Ilustração 21 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 21
Apocalipse 20:12 Comentários
E abriram-se os livros.

E abriu-se outro livro, que é o da vida.
Muitos livros serão consultados durante o juízo.

Primeiro, há o livro da vida, com o nome de todos os que dizem seguir Jesus Cristo.

Como acabamos de ver, antes da volta de Jesus, Deus apagará desse livro os nomes de todos aqueles cuja conversão não foi verdadeira, deixando apenas os nomes dos crentes sinceros que terão feito a vontade do Pai até o fim.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 22 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 22
Malaquias 3:16 Comentários
Então, aqueles que temem ao Senhor falam cada um com o seu companheiro; e o Senhor atenta e ouve.

E há um memorial escrito diante Dele, para os que temem ao Senhor e para os que se lembram do Seu nome.
Há também o livro da lembrança (memorial) com todas as boas obras dos filhos de Deus, que darão direito à recompensa de cada um na Nova Terra.
Apocalipse 22:12
E eis que cedo venho, e o Meu galardão está Comigo para dar a cada um segundo a sua obra.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 23 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 23
Amós 8:7 Comentários
Jurou o Senhor pela glória de Jacó:

«Eu não Me esquecerei de todas as suas obras para sempre!»
Por fim, existem os livros que contêm todas as obras más de todos os que rejeitaram a oferta de salvação em Jesus Cristo, feita por Deus.

Esses livros justificarão o castigo de todos os impenitentes, no fim dos tempos.
Jeremias 2:22
«Pelo que, ainda que te laves com salitre e amontoes sabão, a tua iniqüidade estará gravada diante de Mim,» diz o Senhor JEOVÁ.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 24 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 24
Romanos 2:12,13,16 Comentários
Porque todos os que sem lei pecaram sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram pela lei serão julgados.

Porque os que ouvem a lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados (...), no dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho.
A base do julgamento será a Lei de Deus, tema de uma lição futura.
Tiago 2:12
Assim falai e assim procedei, como devendo ser julgados pela lei da liberdade.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 25 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 25
Lucas 12:47,48 Comentários
E o servo que soube a vontade do seu Senhor e não se aprontou, nem fez conforme a Sua vontade, será castigado com muitos açoites.

Mas o que a não soube e fez coisas dignas de açoites com poucos açoites será castigado.
O juízo levará em consideração o nível de conhecimento de cada um.
Atos 17:30
Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, em todo lugar, que se arrependam.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 26 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 26
Apocalipse 22:11,12 Comentários
Quem é injusto faça injustiça ainda; e quem está sujo suje-se ainda; e quem é justo faça justiça ainda; e quem é santo seja santificado ainda.

E eis que cedo venho, e o Meu galardão está Comigo para dar a cada um segundo a sua obra.
A purificação do santuário celeste logo estará completa.

Seu término porá fim à primeira parte do juízo, tendo separado os verdadeiros cristãos dos falsos.

Nesse momento, o destino de cada pessoa já estará traçado, e Jesus Cristo finalmente irá voltar para reunir o Seu povo.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 27 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 27
Apocalipse 20:4 Comentários
E vi tronos; e assentaram-se sobre eles aqueles a quem foi dado o poder de julgar.

E vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta nem a sua imagem, e não receberam o sinal na testa nem na mão.

E viveram e reinaram com Cristo durante mil anos.
Como vimos na lição «Os 1000 Anos do Apocalipse», após o retorno de Jesus haverá um período de mil anos (milênio).

Esta será a segunda parte do juízo, na qual o povo de Deus irá julgar os ímpios.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 28 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 28
1 Coríntios 6:2 Comentários
Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Durante esses 1000 anos, o povo de Deus irá estudar as causas de cada ímpio, suas responsabilidades e seu grau de culpa de acordo com os pensamentos, palavras e atos.
Lucas 22:29,30
[Jesus disse:]

«E Eu vos destino o Reino, como Meu Pai Mo destinou, para que comais e bebais à Minha mesa no Meu Reino e vos assenteis sobre tronos, julgando as doze tribos de Israel.»
Próxima telaTela anterior

Ilustração 29 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 29
Apocalipse 20:12,15 e 21:8 Comentários
E abriram-se os livros. E abriu-se outro livro, que é o da vida.

E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. (...)

E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo. (...)

A sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre, o que é a segunda morte.
No final dos 1000 anos, os ímpios voltarão à vida para receber o veredicto de culpa.

Por terem rejeitado o chamado de Deus para a salvação, a sua sentença será a destruição total e definitiva.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 30 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 30
Apocalipse 14:6,7 Comentários
E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda nação, e tribo, e língua, e povo, dizendo com grande voz:

«Temei a Deus e dai-Lhe glória, porque vinda é a hora do Seu juízo.»
Isso mesmo: a hora do juízo de Deus chegou.

Será que todos nós confiamos em Jesus Cristo, o único Advogado que pode mesmo nos ajudar, para que Ele possa nos representar diante do trono de Deus e obter o perdão dos nossos pecados?
Próxima telaTela anterior

Ilustração 31 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 31
Atos 24:25 Comentários
E, tratando ele [Paulo] da justiça, e da temperança, e do Juízo vindouro, Félix, espavorido, respondeu:

«Por agora, vai-te, e, em tendo oportunidade, te chamarei.»
Ou talvez estamos como Félix, com medo do juízo porque ainda não pusemos nossa vida nas mãos de Jesus Cristo, o único Senhor e Salvador?
Próxima telaTela anterior

Ilustração 32 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 32
Ecclesiastes 12:13,14 Comentários
De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os Seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem.

Porque Deus há de trazer a juízo toda obra e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.
Devemos nos lembrar de que nós todos compareceremos ao tribunal de Deus.

A única forma de sermos absolvidos é aceitar Jesus como nosso Salvador e Senhor pessoal.

Sua presença dentro de nós nos permite cumprir os mandamentos de Deus, que expressam a Sua vontade em relação a cada um de nós.
Próxima telaTela anterior

Ilustração 33 A Hora da Verdade Lição 26
O Juízo Final
Tela 33
Agradeçamos a Deus por nos ter convidado para a salvação:
Pai Celestial,

Agora sabemos que o Seu juízo já começou. Sem um bom Advogado, nossa causa estaria perdida.

Porém, o Senhor tanto nos amou que nos deu Seu Filho unigênito, Jesus Cristo, para que Ele fosse o sacrifício de expiação pelo perdão de nossos pecados, e também nosso Advogado perante o Seu trono.

Agora, enquanto oramos, queremos aceitá-lo como Salvador pessoal e Senhor da nossa vida. Por meio de Sua presença dentro de nós, queremos fazer a Sua vontade de agora em diante, para que nossos nomes não sejam apagados do livro da vida.

Oramos no precioso nome de Jesus,

Amém.
Tela anterior

Lição 26 - Teste O teste da Lição 26 está esperando por você!

Origem das Ilustrações desta Lição
Tela 1: Coleção de ilustrações «Corel Gallery Magic» de Corel, 1997, CD #7, Photo Library 2, 199023.PCD. Tela 2: Ilustração em: Revista «The Watchtower» (01/08/1991), New York, Watch Tower Bible and Tract Society, p.18. Tela 3: Ilustração em: Revista «The Watchtower» (01/02/1988), New York, Watch Tower Bible and Tract Society, p.10. Tela 4: Ilustração em: Revista «The Watchtower» (01/07/1994), New York, Watch Tower Bible and Tract Society, p.7. Tela 5: Ilustração de: VAN DER WEYDEN, Rogier. «Saint Michael» from «The Last Judgment» (1445-48), Musée de l’Hôtel-Dieu, Beaune, France. Em: «Revelations - Art of the Apocalypse» (GRUBB, Nancy), Abeville Press Publishers, 1997, p.85. Tela 6: Ilustração de: FRA ANGELICO. «The Last Judgment» (c. 1450), Museo di San Marco, Florence. Em: «Revelations - Art of the Apocalypse» (GRUBB, Nancy), Abeville Press Publishers, 1997, p.86. Tela 7: Ilustração de: STEEL, John. Em: «The Triumph of God’s Love, volume 2» (WHITE, Ellen G.), Pacific Press Publishing Association and Review and Herald Publishing Association, 1950, p.366. Tela 8: Origem desconhecida. Tela 9: Ilustração em: Revista «The Watchtower» (01/04/1990), New York, Watch Tower Bible and Tract Society, p.8. Tela 10: Ilustração de: DROST, Willem. «The Vision of Daniel» (1650), Gemäldegalerie, Berlin. Ilustração do site: http://sunsite.auc.dk/cgfa/d/p-drost1.htm Tela 11: Ilustração de: MANISCALCO, Joe. Em: «God Cares, volume 1» (MAXWELL, C.Mervyn), Pacific Press Publishing Association, 1981, p.196,197. Ilustração composta pelo Cyberspace Ministry. Tela 12: «Hourglass and Shadow». Ilustração do site: www.corbis.com. Image ID: CB007962. Tela 13: Ilustração de: Generation of graphics on CoolText.com (http://www.cooltext.com/). Tela 14: Ilustração de: BOWER, Maurice. Em: «The Living Bible Encyclopedia in Story and Pictures, volume 3», New York, H.S. Stuttman Co. Inc., 1968, p.336-d. Tela 15: Ilustração de: HEASLIP, William. Em: «Uncle Arthur’s Bible Book» (MAXWELL, Arthur S.), p.216. Used by permission. Copyright ©1945, 1947, 1948, 1949, 1968, 1996 by Review and Herald® Publishing Association, USA. All Rights Reserved. Tela 16: Ilustração de: PROVONSHA, Clyde. Em: «Votre Bible et vous» (MAXWELL, Arthur S.), p.100. Used by permission. Copyright ©1959, 1987 by Review and Herald® Publishing Association, USA. All Rights Reserved. Tela 17: Ilustração de: MANISCALCO, Joe. Em: «Images from the Bible and Sacred History CD», Chosen Works, MLI Software, JM028.BMP. Tela 18: Ilustração em: «Revelation Seminars», Seminars Unlimited, 1986, lesson #14 («Dieu a Fixé une Date pour le Jugement»), p.4. Tela 19: Ilustração em: Revista «The Watchtower» (01/05/1993), Watch Tower Bible and Tract Society, p.10. Tela 20: Ilustração do site: http://web1.toefl.org/2formats.html Tela 21: Ilustração em: «La Révélation - le grand dénouement est proche», New York, Watch Tower Bible and Tract Society, 1988, p.57. Tela 22: Ilustração de: VON CORNELIUS, Peter. «The Last Judgment» (1845), Ludwigskirche, Munich. Em: «Revelation - Art of the Apocalypse» (GRUBB, Nancy), Abeville Press Publishers, 1997, p.93. Tela 23: Ilustração de: HEASLIP, William. Em: «The Bible Story, volume 10» (MAXWELL, Arthur S.), p.203. Used by permission. Copyright ©1957, 1985 by Review and Herald® Publishing Association, USA. All Rights Reserved. Tela 24: Ilustração de: STEWART, Perry. Em: Revista «Signs of the Times» (Setembro 1998), Pacific Press Publishing Association, p.9. Tela 25: Ilustração de: STEEL, John. Em: «The Triumph of God’s Love, volume 1» (WHITE, Ellen G.), Pacific Press Publishing Association and Review and Herald Publishing Association, 1950, p.306. Tela 26: Ilustração de: OTTO. «The Ascension». Em: «Beautiful Bible Stories» (MARTIN, Patricia Summerlin), Southwestern Company, 1964, p.450-h. Tela 27: Ilustração de: LIMBOURG BROTHERS. «Saint John on Patmos contemplating the vision of the lamb enthroned, the four beings, and the 24 elders» de «Les Très Riches Heures du Duc de Berry» (c. 1413), Musée Condé, Chantilly, France. Em: «Revelations - Art of the Apocalypse» (GRUBB, Nancy), Abeville Press Publishers, 1997, p.6. Tela 28: Ilustração em: «The Bible Story, volume 8» (MAXWELL, Arthur S.), p.148. Ilustração editada pelo Cyberspace Ministry. Used by permission. Copyright ©1956, 1984 by Review and Herald® Publishing Association, USA. All Rights Reserved. Tela 29: Digital Stock Photograph. Ilustração em: Revista «Signs of the Times» (Agosto 1999), Pacific Press Publishing Association, p.8. Tela 30: Ilustração de: ANDERSON, Harry. Em: «The Triumph of God’s Love, volume 2» (WHITE, Ellen G.), Pacific Press Publishing Association and Review and Herald Publishing Association, 1950, p.416. Tela 31: Ilustração em: «The Children’s Bible, volume 12», Golden Press, 1981, p.748,749. Tela 32: Ilustração de: STEWART, Perry. Em: Revista «Signs of the Times» (Setembro 1998), Pacific Press Publishing Association, Capa. Tela 33: Coleção de ilustrações «Corel Gallery Magic» de Corel, 1997, CD #7, Photo Library 1, 84089.PCD.
Quaisquer imagens que não portem a declaração de autorização são usadas para fins de comentário ou crítica educacional e não comercial, de acordo com a seção 107 da Lei de Direitos Autorais dos EUA, e com o artigo 29 da Lei de Direitos Autorais do Canadá (Capítulo C-42), os quais estabelecem que é permitido usá-las sem o consentimento ou endosso do detentor dos direitos autorais. As imagens que não tenham atribuição são, sabida ou supostamente, de domínio público ou não tiveram sua condição estabelecida até o presente momento. Solicitamos que qualquer pessoa que tenha conhecimento em relação à atribuição correta de uma imagem entre em contato conosco pelo endereço eletrônico citado abaixo, para que a atribuição seja notificada corretamente. Nossa intenção é cumprir estritamente as leis aplicáveis em relação à propriedade de direitos intelectuais.

Lição 26 - Teste O teste da Lição 26 está esperando por você!